Fotografia Kirlian

Sabe aquelas fotografias que aparecem um “fantasma” junto? Na realidade é um processo chamado Fotografia Kirlian, que é um fenômeno de descarga corona, ele ocorre sendo um objeto colocado sobre uma placa fotográfica conectada a certa voltagem, e então é provocada o aparecimento de uma luminescência radiante em redor do objeto fotografado. Essas descargas podem ser afetadas pela temperatura, umidade, pressão, ou outros fatores ambientais. Esse efeito pode acontecer com seres vivos e também com objetos inanimados, criando a teoria de que existe aura humana. 

O seu principal benefício é:

Diagnosticar doenças

Fotografia Kirlian, ou bioeletrografia como também é conhecida, foi descoberta em 1904 pelo padre Landell, mas não pode dar continuidade com seus estudos por questões da Igreja Católica. Entretanto, na Rússia em 1940, Seymon Kirlian retomou os estudos e assim ficou conhecido esse processo.


Estamos avaliando terapeutas na sua região. Em breve estarão disponíveis.
Enquanto isso...

Conhece terapeuta na área?
Quer atendimento agora?